Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Call para as paredes!

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Call para as paredes!

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

31
Mar16

Não pode ou não quer?


 

Os clientes que me atiram esta acusação, disfarçada de questão, tiram-me um bocadinho do sério.

Passo grande parte do dia a tratar clientes  com questões de facturação que, apesar das abébias que a operadora concede, têm dificuldade em cumprir os seus compromissos. Eu como consumidora se não tivesse passado por empresas prestadoras de serviços no meu percurso profissional desconheceria que, por exemplo, posso pagar o serviço de televisão a prestações. Para mim a factura tem uma data limite e eu tenho que pagar até essa data para não romper o compromisso que assumi para com a empresa que contratei.

Claro que espero da empresa alguma flexibilidade para o caso de eu ter um problema mas, os problemas serão sempre excepção.

As pessoas que nos atiram um "não pode ou não quer?" são normalmente as que fazem dos problemas regra e que tendo esgotado todos os procedimentos disponíveis para adiar o compromisso transferem para nós, meninas, a responsabilidade de estarem a sofrer consequências pelo incumprimento como se nós, meninas, não estivéssemos ali ao serviço cumprindo ordens e seguindo procedimentos. Não compreendo que estejam à espera que um estranho coloque o emprego em risco para que possam ver o jogo que vai dar mais logo na TV.

Imaginem que nos vossos locais de trabalho vos atiravam a mesma questão. O que é que sentiam?

 

ps.

Qualquer dia vou ao banco experimentar:

- Ó senhor, empreste-me 100.000 euros sem juros?

- Não posso!

- Não pode ou não quer?

Pode ser que resulte e o senhor sentindo-se acossado abra o cofre e me dê o dinheiro.

 

 

Obrigada, pelo seu contacto!

 

 

 

 

 

 

Comentários

Comentar

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.