Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

28
Set15

'Excrementado'


Há dias dizia-me um cliente:
- Menina, eu já sou velho. Já estou excrementado, sabe?

- !?!?

- Ex-cre-men-ta-do!

-Ó menina, tens que lavar os ouvidos. - Pensei

Mas, o senhor repetiu:

- Excrementado, blá blá blá... Excrementado! Ai e tal... excrementado...

Então, pensei:

- Pois, vendo bem...

 

 

Obrigada, pelo seu contacto!

 

ps. O senhor era do norte queria certamente dizer: Experimentado

 

/span>

28
Set15

Quando eu era pequenina gostava de telefones


Quando era criança as minhas brincadeiras eram diferentes das dos miúdos de agora.

Nas férias de Verão, que eram intermináveis, aproveitávamos a existência de um telefone fixo sem vigilância e de um enorme livro de nomes e números que ficava logo ali, ao lado do aparelho, e tratávamos de nos divertir.

 

 

Letra C

- olá, fala de casa do senhor Coelho?

- sim!?

- então fuja que abriu a época de caça!

 

 

Letra T

- olá, é do talho?

- sim!

- tem cabeça de porco?

- sim!

- então, ronque!

 

118 (serviço informativo)

-ó menina, qual foi o primeiro rei de Portugal?

- Dom Afonso Henriques!

- CERTO!!

 

Eu divertia-me com telefones!

Pergunto-me como é que passei do divertimento à aversão só contrariada pelas contas que tenho para pagar.

 

Obrigada, pelo seu contacto!

 

 

 

 

25
Set15

Longe de mim fazer de alguém burro


 

As pessoas que merecem o título tratam disso sozinhas.

 

- Ó menina, liguei para aí há uns minutos e a sua colega disse-me que para aceder ao voice mail devia marcar *200 mas, não consigo. Como é que eu marco isso no telefone?

 

Habituada a que o asterisco seja tratado pela maioria dos clientes por: astrisc, asteristico, Astérix...A ó menina passa a explicar:

- Marca o asterisco que é a estrela que fica por baixo do 7 ao lado do...

 

-Ó menina eu sei o que é um asterisco! - Interrompe a cliente, indignada por lhe estarem a explicar como se fosse um garoto - Eu não sou tão limitada! O que eu não estou a perceber é como é que se marca o duzentos!

 

- !?! Então, para marcar o duzentos, marca 2, seguido de um 0 e depois outro.

 

Obrigada, pelo seu contacto!

17
Set15

Peso de consciência


Menti a um senhor da Eurostat, agora temo que a campanha se centre em torno do resultado de uma estatística falseado, por mim. Eu sei que não se faz mas, não me lembrei que estava a responder a um colega...pesa-me na consciência porque eu sei que as sondagens são coisas muuito sérias.

17
Set15

Se pagarem bem até sou capaz de os parir por vós


- Ó menina, a minha factura está muito alta. Estão aqui consumos associados ao telemóvel da minha filha e vocês dizem que mandam alertas quando está a acabar o plafon mas, ela diz que não recebe.

- Qual é o número de telemóvel da sua filha, por favor?

(...)

 

A ó menina faz a sua magia e começa a confrontar a cliente, com um tom de voz seguro

 

- Foi enviada mensagem de alerta de que estava a terminar plafon de serviço de dados no dia x há hora y, mensagem recebida pelo número da sua filha sem erro. Acerca do mesmo plafon foi enviada mensagem de fim com alerta para cobrança no caso de continuar a usar no dia X há hora y, recebida sem erro. Para plafon de sms...

- Ó menina mas, ela diz que não recebe. 

- Lamento, os consumos foram realizados e nós alertamos para o fim do plafon na mensalidade.

- Ó menina mas, ela diz que não recebeu e a factura está tão alta...

- Se quiser barramos os consumos adicionais desse número

- Não, eu quero dar liberdade à miúda e confio nela. A outra menina com quem falei o mês passado já tinha proposto isso mas, não quero.

- Seria uma forma de gerir os consumos...

- Mas, eu não quero. Ó menina! A menina não consegue desta vez fazer um descontinho? Tirar-me essas chamadas e consumos de internet? Fazer, assim, vistas grossas? - Diz a cliente, mãe por um qualquer acidente do destino.

 

Indignada, com o facto de lhe estar a ser pedido que coloque o seu emprego em risco e credite comunicações só porque uma mãe se demite do seu papel e não quer chatear a filha, a ó menina demora algum tempo a responder

 

- Sim! Ó menina, está a ouvir? Pode?

- Não lamento.

- Não! Isso deixa-me muito triste. Sabe qual é a minha vontade?

- Falar com a sua filha?

- Não a minha vontade é deixar esta operadora que não ajuda nada os clientes...

 

A chamada termina com um 'Obrigada, pelo seu contacto' que custou muito a engolir à ó menina.

 

Quando alguém se propõe conscientemente a pai/mãe, a Segurança Social nega-lho porque não tem duas casas-de-banho. Uma funcional para um agregado de 3 não chega são necessárias duas. Gostava de saber o que a Segurança Social escreveria num relatório acerca destes pais, com os quais me cruzo em linha diariamente e que estão endividados, a reclamar para tentar um descontinho ou a mendigar um 'plafonamento' enquanto defendem os meninos que querem adultos com liberdade e para os quais estão a comprar iphones a prestações porque como vão para o liceu dizem que é necessário...

A minha mãe trataria das minhas ´borradas´ com um par de estalos, nunca tentaria maquilhá-las através de terceiros.

 

 

 

 

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Linha de apoio da Ó Menina

omenina@sapo.pt

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.