Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

das Modas

ó menina, 29.09.19

Uma noite destas, fui acompanhar uma colega à paragem do autocarro, já que não saímos a horas recomendáveis para uma senhora andar sozinha na rua.
Conversávamos enquanto o autocarro não vinha quando  uma senhora com ar estranho, vale o que vale, aproximou-se de nós com uma capinha de documentos na mão e de olhos dilatados pediu:

- As senhoras podem dar-me uma moedinha para comprar comida p'ra uma gatinha que eu tenho?

Eu bloqueei um bocadinho mas a colega mais espedita no verbo atirou logo:

- Não. Lamento mas tenho duas filhas pequenas em casa para cuidar e é por elas que trabalho até esta hora - e apontou para mim e disse - e ela também.

Sim, mentiu. Eu não tenho filhos mas mesmo não tendo percebi a pontinha de indignação que nos deixa trabalhar até àquela hora, já só ver as meninas a dormir e ser abordada por alguém a pedir que abdique do pouco que lhe resta depois de todo o sacrifício.

Mas senhora não se ficou e afirmou, indignada com a recusa:

- Eu também. Eu também tenho dois meninos e se não fosse uma vizinha minha nem tinha como lhes dar o comer...

Nós fizemos aquele gesto táctico de encolher os ombros e virar as costas e assim que ela se afastou não deixamos de comentar a notória alteração de abordagem dos que param por ali, àquela hora, a tentar sacar uns trocos para comprar um litro de vinho ou uma litrosa na loja de conveniência.

Primeiro os animais, depois os filhos.
Aquelas, são pessoas dependentes mas manipuladoras e muito focadas em atingir o seu objectivo pelo que não usariam esse guião se não tivessem observado que pedir para um animal doméstico lhes traz mais lucro do que pedir para os filhos.

É definitivo! O animalismo virou moda e eu considero-a muito perigosa.

__________ ◇ _________

moda

mo.da • ˈmɔdɐ

nome feminino

1.uso, hábito ou forma de agir característica de um determinado meio ou de uma determinada época; costume

2.uso corrente, prática que se generalizou

 

Da vida difícil das Meninas das estatísticas ninguém fala

ó menina, 26.09.19

 

- Bom dia, estou a ligar-lhe porque estamos a fazer uma sondagem sobre as eleiç...

- Ó Menina, não vale a pena que eu já estou servida. E, muito bem servida!

- Isso quer dizer que vai votar no PS?

- Votar no quê?

- Nas eleições, vai votar PS. Estamos a ligar para fazer uma sondagem sobre quem vai ganhar as eleições.
A Senhora está satisfeita, vai votar PS?

- Eu?! Eu nem sei se vou votar ...

- Muito bem! Então, fica na abstenção.

- Abs quê?

- Abstenção é quando não vai votar.

- Eu disse que não sei se vou votar mas no dia pode dar-me na cabeça e ir.

- Muito bem. Então, fica nos indecisos.

- Indecisa eu?! Fique a saber que sou muito decidida.

- Muito bem! Então, em quem vai votar?

- hum, eu... Ó Menina, eu sei lá! Em quem é que dá para votar?

 

Obrigada, pela sua disponibilidade!

Para quando, uma Ó Menina numa telenovela da SIC?

ó menina, 22.09.19

 

'A Ordem dos Enfermeiros (OE) pagou 36.080 euros, mais IVA, para ter uma personagem enfermeira na telenovela da SIC Nazaré. '

Segundo os responsáveis, da Ordem dos Enfermeiros, o patrocínio faz parte de uma estratégia de dignificação da profissão.

Não está mal pensado, a menos que a enfermeira em questão se revele uma incompetente que carrega quatro mortos às costas por troca de medicamentos, é uma boa ideia.

Disponibilizo-me desde já para ser consultora de uma novela que tenha um personagem Colaborador de Call Center e até posso escrever o argumento se quiserem, não tenho dinheiro para patrocinar a coisa mas posso doar trabalho para dignificar a minha profissão que é coisa a que já estou habituada. 

Deixo à consideração!

O meu contacto é:

omenina@sapo.pt

 

Era Menina para trabalhar no Call Center da Mariana Mortágua

ó menina, 20.09.19

Na entrevista que fez a Catarina Martins, no seu programa mais ou menos diário, 'Gente que Não Sabe Estar', Ricardo Araújo Pereira sugeriu à líder do Bloco de Esquerda que para evitar surpresas como a do negócio de especulação imobiliária de Robles investigasse outros candidatos a deputados a fim de garantir que, por exemplo, a Mariana Mortágua não tem um call center clandestino. 

Ainda estou a avaliar as opções. As eleições são só dia 6 de Outubro, o BE apesar de um bom desempenho teve a natural obrigação de cedência nos últimos quatro anos e o Livre devia ter sido eleito em vez do PAN  mas não teria qualquer problema em trabalhar num call center gerido pela Mariana Mortágua. Admiro-lhe o carácter.

Obrigada, pelo seu contacto!

Aconteceu

ó menina, 18.09.19

A Semana Internacional dos Contact Centers 2019, que decorre de 10 a 17 de setembro, vai ser celebrada em Portugal com várias atividades. 

Uma iniciativa tão interessante que 99% das pessoas que garantem a laboração do sector desconhece ter decorrido. Mas fica sempre bem nas reuniões e serve para defender a saúde do sector.

Sim a notícia é partilhada por uma publicação da especialidade. A Ó Menina é uma pessoa atenta e um dia pode vir a ser administradora da cena portanto ... 

Quando é que as pessoas deixaram de ser seres vivos?

ó menina, 15.09.19

No seu perfil público de facebook onde se apresenta como tendo trabalhado como Presidente do Conselho Local do Porto do PAN este bicho (estou a ser simpática) faz publicar o que se segue mais abaixo. 

Infelizmente, conheço muitos 'seguidores' do PAN que pensam assim e a menos que o PAN, que faz as suas 'reuniões' à porta fechada, prove que esta senhora foi afastada por exibir este tipo de pensamento serei obrigada a acreditar que este pensamento não é apenas um reflexo individual do bicho mas também reflexo da instituição.

20190915_174739 (1).jpg

Para além de dirigente do PAN esta senhora diz ter trabalhado 'pelo direito à vida de todos os seres vivos'. Todos?

A frase feita está certa mas o fundamentalismo estraga tudo. Imaginem este tipo de fundamentalismo a servir-se dos 'pobrezinhos' para quem o André Silva se virou recentemente, a manipular os que estando sós se refugiam num animal de companhia e atiram para o ar muitas vezes do alto das suas feridas que preferem os animais às pessoas... 

Eu li alguns capítulos do programa eleitoral do PAN e garanto-vos que a única medida interessante que encontrei foi fazer da terça-feira de Carnaval feriado. Tenho saudades do Cozido à Portuguesa na véspera do jejum da quarta-feira de cinzas... 

 

Pensem pessoas. Pensem!

Há alternativas...

 

Modo de Vida Europeu

ó menina, 15.09.19

Dados do Eurostat mostram que os trabalhadores portugueses são os que veem o ordenado crescer menos na Europa.

'Entre abril e junho, o custo de cada hora de trabalho cresceu 3,1% na União Europeia, já em Portugal aumentou apenas 0,9%. Nos países do euro o aumento médio foi de 2,7%.

O fosso salarial entre Portugal e os restantes Estados-membros é ainda maior quando comparado com o ano anterior. Em termos homólogos, se regista uma queda de 5,1% no custo da hora trabalhada.

Ou seja, os trabalhadores estão a receber menos que no ano passado e são os que veem o ordenado crescer menos na Europa.'

via RR

É isto! Bora lá garantir que mantemos este belo modo de vida com uma maioria absoluta! (um parênteses com 'risos' para perceberem que estou a usar ironia)

 

 

Pág. 1/2