Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

A escravidão de muitos continua a suportar o conforto de poucos

ó menina, 19.11.19

“Uma trabalhadora sofreu a brutal humilhação de se urinar no posto de trabalho, impedida de sair do local, mesmo depois de pedir várias vezes para ser substituída, numa das caixas da loja do Pingo Doce da Bela Vista, em Lisboa”, revelou esta segunda-feira o site da CGTP, a partir da denúncia do CESP – Sindicato dos Trabalhadores do Comércio e Serviços."

via Esquerda.net 

Toda a solidariedade que nos seja possível demostrar para com alguém que se sente pressionado a este ponto será pouca. Mesmo assim mostrem-na aos funcionários do Pingo Doce da Bela Vista da próxima vez que se dirigirem lá.

Como em todos os grandes grupos económicos, na área dos serviços ou retalho, a qualidade dos produtos e do vosso atendimento depende exclusivamente dos funcionários que apesar de receberem pouco mais do que o salário mínimo se aplicam com esforço e dedicação máxima. Os patrões que controlam os números à distância estão-se a borrifar para a experiência individual de cada cliente, para eles tudo vai bem desde que as contas dêem em lucro...

 

8 comentários

Comentar post