Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Call para as paredes!

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Call para as paredes!

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

13
Jun15

Confesso que também tenho aversão a pulseiras electrónicas


Verdade!

Eu também tenho aversão a pulseiras electrónicas.

Tudo começou quando, apesar de o ADSL com wireless  já ser uma realidade, metade do país ainda estava ligado por dial up. As pulseiras electrónicas viraram moda e vocês não imaginam a trabalheira que isso dava à ó menina. Coisinha mais sensível, uffa... 

 

 

ps Sim. Quem trabalha num call center tem acesso a mais informação do que se imagina mas, não é uma ameaça. Os trabalhadores de call center assinam um contrato de confidencialidade e a quebra desse contrato tem consequencias mais nefastas na sua vida do que a quebra do segredo de justiça tem na dos agentes judiciários.

 

Obrigada, pelo seu contacto!

 

 

Comentários

Comentar

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.