Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Do baú

ó menina, 28.06.16

Nos anos 30, Portugal já tinha telefones automáticos que dispensavam a intervenção da menina telefonista, poucos mas tinha.

Quem os pretendesse tinha que os solicitar, por telefone ou por postal, à Anglo-Portuguese Telephone Co. Ltd.

Os utilizadores eram alertados para seguir todas as regras, à risca, no próprio equipamento.

Não eram necessários pagamentos antecipados e mensalmente um cobrador ia a casa do cliente cobrar a conta. Ah, bons velhos tempos, esses em que não haviam call centers para esclarecer facturas e receber reclamações, o cobrador ia lá a casa e resolvia-se tudo.

 

telefone automático.jpg

telefone regras.jpg

in Revista Ilustração, No. 118, Novembro 1930

 

Obrigada, pelo seu contacto.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    ó menina 30.06.2016

    O desrespeitoso acto de usar o meu "nome" para comentar este blog merecia que apagasse o comentário.
    A aparente falta de 'vistas' ou literacia para perceber e distinguir um desabafo com ironia de uma afirmação não merece resposta.

  • Sem imagem de perfil

    Ó menina. 30.06.2016

    A aparente falta de 'vistas' ou literacia para perceber e distinguir uma ironia de insulto escrito num comentário.
    Parece ter a menina.
    E é melhor apagá-los.
    Assim evita as desrespeitosas repostas que dá.
    Fique bem.


  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.