Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Feriado no Carnaval, sim ou não?

ó menina, 25.02.20

O dia de Carnaval é feriado facultativo e antes do governo de Passos Coelho só Cavaco Silva cometeu a proeza de negar tolerância de ponto, à função pública, no dia de Entrudo. Foi em 1993.
A folga no feriado facultativo era tão certa que nem os patrões privados a ousavam questionar mas eis que o governo de Passos Coelho, para além de diminuir o número de feriados obrigatórios (estretanto já recuperados) nega, de 2012 a 2015, a tolerância de ponto no dia de Carnaval à função pública e, de repente, os patrões do privado, que andavam distraídos, perceberam que podiam continuar a explorar os trabalhadores nesse dia como noutro dia qualquer sem pagar a mais ou dar folga compensatória.

Depois disso, o assunto já foi discutido várias vezes na Assembleia da República e alguns partidos até o colocaram nos seus programas eleitorais mas o feriado continua opcional e nunca passou a obrigatório.
Num call center inbound ou de apoio ao cliente, por exemplo, a produtividade é baixíssima os consumos energéticos e de manutenção do edifício não compensam que se trabalhe como um dia normal mas a maioria trabalha. A maioria funciona normalmente porque assim fazem com que os trabalhadores usem férias num dia que lhes convém, é muito melhor para a empresa que o trabalhador goze férias num dia de baixa produtividade. Para além disso, as empresas não têm o foco no trabalhador, um dia em família com os filhos e as suas fantasias faria com que o trabalhador produzisse muito mais o resto da semana.

Sendo Portugal um país onde a tradição cultural deste dia está legislada para criar excepções geográficas ao feriado facultativo, com todas as dúvidas e confusão que isso levanta, faz todo o sentido que seja legislado como feriado obrigatório.
A geringonça foi útil para demonstrar que não somos preguiçosos e que não são os feriados que prejudicam a produtividade.


Por tudo isto, espero que no próximo ano possa desejar-vos um bom feriado para além de um bom Carnaval.

Bora lá trabalhar, malandros!

Aposto que vos encheram  os call centers, escritórios, repartições... de serpentinas como estímulo.

 

BA500042h.jpg

 

 

4 comentários

Comentar post