Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Hello, I'm ó menina

ó menina, 12.11.15

Trabalhar numa empresa que se diz de vanguarda significa duas coisas:

 

1ª- a qualquer momento nos cruzaremos com o adjectivo sexy. Num briefing, numa formação...

 

2ª- vamos ter que passar por muitas 'dinamizações' que é como quem diz situações mais ou menos humilhantes para os colaboradores que fazem os chefes felizes porque transformam a empresa numa creche e os balões enchem-lhes o ego.

Já há estudos publicados em revistas da especialidade que demonstram como as 'dinamizações' são contraproducentes mas, de gestores portugueses pouco mais há a esperar do que correr para ler 'A arte da guerra' quando sabem da promoção e as 'Cinquenta Sombras de Grey' até à reforma.

 

Enfim, não me cabe a mim julgar. Sou apenas um peão. 

 

Numa dessas dinamizações determinou-se que toda a gente devia trabalhar vestida de branco.

Fui notificada por email mas, não achei assunto relevante para colocar na agenda. Então, certo dia acordei feliz e vesti-me de acordo com o estado de espírito: top preto, casaco preto... quando cheguei ao trabalho percebi, tamanha era a alvura da sala, que era suposto ter-me vestido de branco.

Lembrei-me do Johnny Cash e passei o dia com as suas músicas na cabeça.

 

'Black is my happy color' nunca me visto de branco, por vezes, uso um ou outro apontamento mas, nunca me verão só de branco, excepto no dia em que determinem que devo vestir-me de preto, claro! Sou apenas um peão mas, sou um peão insubordinado.

 

 

 

Obrigada, pelo seu contacto!

 

13 comentários

Comentar post