Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Horas extraordinárias

ó menina, 29.05.19

Segundo o relatório “Horas extraordinárias: por que está a lei a incentivar o trabalho suplementar?”, o recurso a horas extra cresce no país devido às alterações da lei laboral acordadas entre o governo de direita e a Troika em 2012. Os autores João Ramos de Almeida, Diogo Martins, Fausto Leite e Filipe Lamelas explicam que isto se deve ao facto do “custo relativo do trabalho suplementar em relação ao custo efetivo do trabalho normal” ter sido “drasticamente reduzido e é, no presente, muito baixo, ou mesmo negativo”. De um custo de trabalho extraordinária que era mais 18 a 57% do que o horário regular, a partir da reforma do Código de Trabalho esse custo reduziu-se para entre -2% a 18%.

Por isso, o relatório acusa a legislação aprovada de “promover o recurso a esta modalidade de trabalho, já que no caso da 1ª hora suplementar em dia útil o custo efetivo é inferior à hora normal de trabalho”.'

Via esquerda.net

Posto isto, fiquem a saber que as próximas eleições legislativas são dia 06 de Outubro e as urnas estarão abertas entre as 08h00 e as 19h00. Estamos em Maio pelo que só não se organiza para votar quem não quer, mas mesmo assim, se tiverem uma desculpa melhor do que aquela que arranjaram, no passado domingo, para se escusarem ao dever de votar que é também um direito que vos foi conquistado com sangue, suor e lágrimas dos que não vos merecem, podem antecipar o voto.


A vossa ausência contribuirá para eleger a direita que legislou o acima referido, e a esquerda que em conluio durante a legislatura actual não arranjou tempo para alterar a legislação em vigor por mais debates que alguns dos elementos da geringonça convoquem sendo eles de maior ou menor urgência. Profissões precárias como a nossa, onde nos pagam 4,33€  por uma hora extra quando pagam porque caem maioritariamente em bancos de horas, continuam em debate e a ser estudadas.

 

Ainda falta muito mas acho que voto Livre nas Legislativas também. É de esquerda, é ecologista e não me coloca ao nível do burro como o PAN, por exemplo.

 

Votai, Ó Meninos! Votai!

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.