Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Call para as paredes!

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Call para as paredes!

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

08
Mar18

Prefiro túlipas


 

Em Portugal há uma diferença no rendimento médio mensal entre homens e mulheres de 21,8% que, traduzida em dias, significa 79 dias de trabalho das mulheres, num ano, sem remuneração. 

Para além de terem salários, em média, mais baixos, as mulheres portuguesas ocupam, com maior frequência, postos onde se paga o salário mínimo nacional. 

As descriminações, pelas quais resultam as desigualdades entre homens e mulheres,  existem em todos os sectores com maior ou menor intensidade.

Não há tabelas salariais diferenciadas mas muitas empresas excluem ou penalizam as mulheres na atribuição de prémios de assiduidade, de antiguidade e de produtividade, por terem estado em consultas pré-natais, em gozo de licença de maternidade ou redução de horário para amamentação. 

Prefiro túlipas mas compreendo. As túlipas devem estar caras nesta época e se é para morrerem antes do fim do turno e serem despejadas no contentor mais próximo as gérberas servem perfeitamente. 

 

 

Obrigada, pelo seu contacto.

 

 

Comentários

Comentar

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.