Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Pulgas amestradas

ó menina, 21.05.19

 

Ando desconfiada de que no barracão, lá no call center onde trabalho, existem pulgas amestradas. E que bem treinadinhas elas são...
Ficam ali quedas e ledas, invisíveis, completamente camufladas até que nos apanham concentrados, concentradíssimos diria, embrenhados num qualquer processo até à medula, de olhar perdido no ecrã, ouvidos moucos para o que nos rodeia e pimba! Picam-nos, ou mordem que eu isto de ciência das pulgas não percebo nada, picam e chupam-nos o sangue como se de um Drácula mais sequioso que o do Bram Stoker se tratassem... Não me tentem convencer de que isto é por acaso porque não é, eu sei que não! Alguém as treinou para serem assim... 

 

Quem mais tem problemas com pulgas cuja origem se atribui áquelas máquinas cuspidoras de pó a que chamam convencionalmente de ar-condicionado? Hum?

 

Vá lá, não se acanhem! Eu sei que muitos de vocês sofrem com isto e nem precisam trabalhar num barracão, qualquer repartição, escritório ou redação que se preze como a do Sapo tem pulgas ocasionalmente, pulgas e uma promessa de desinfestação por cumprir.


Obrigada pelo contacto!


ps Não se esqueçam da lancheira e do Fenistil, sobretudo do Fenistil.

 

 

6 comentários

Comentar post