Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Ó Menina

Notas de uma menina que, por acaso, trabalha num call center

Como assim?

ó menina, 14.05.19

Segundo o Euandi2019, o site que se propõe ajudar os indecisos a perceber qual é o partido com que mais se identificam, a minha percentagem de correspondência com o Basta é de 44 %. 

Como assim Ó Menina? 

Perguntam vocês muito bem, tão bem que a própria Ó Menina que por acaso sou eu se pergunta o mesmo. Juro que respondi a todas as questões com sinceridade.

 

Também me sinto intrigada com o resultado que para além de considerar a minha correspondência com o Basta superior a zero coloca o PAN em segundo lugar na minha lista de correspondências. Segundo este resultado parece que os Comunistas têm razão em gostar de mim e se dúvidas existissem o Livre está acima do BE. Mesmo assim, tendo em conta o resultado sinto-me como se tivesse chumbado num teste.

 

E vocês já reflectiram acerca disto, da vossa 'família ideológica'?  Façam o teste mesmo que não concordem com o resultado é útil para nos colocar a pensar no plano europeu. 

Entretanto, deixo a dica para os que estão a trabalhar na data das eleições, podem votar antes da data. Informem-se!

 

 

Ora essa! Disponham sempre!

 

20190514_235916.jpg

o meu resultado

 

Questões que me apoquentam

ó menina, 09.05.19

 

 

Fico sempre apreensiva quando me dizem que ideologicamente pertencemos à mesma família.
Os comunistas têm tendência para gostar de mim, eu sou uma Ó Menina e, todos sabemos que, os comunistas comem meninos ao piqueno almoço...

 

 

ps
A verdade é que não me considero ideologicamente presa a uma família, apesar de me inclinar para a esquerda mas isso até pode ser só do desvio da coluna e tal...
As eleições europeias realizam-se no próximo dia 26, bem sei que ninguém me encomendou o sermão e alguns de vós estarão a trabalhar nesse dia mas é importante que tentem votar.
Por mais distante que nos soe a ideia de Europa a verdade é que nós fazemos parte dela e devemos continuar a fazer tornando-nos cada vez mais próximos do pelotão da frente.

Actualmente a legislação portuguesa é elaborada cumprindo com directrizes que se decidem lá, na Europa, portanto se quereis ter o vosso futuro laboral com condições próximas às de outros países, que tanto gostamos de usar como exemplo, é importante que participeis conscientemente no processo.
Eu, apesar de como vos disse ninguém me ter encomendado o sermão, declaro-vos que tenho intenção de votar no Livre. O Rui Tavares foi um dos melhores deputados europeus que tivemos e deve ter a oportunidade de voltar a ser.

Independentemente da vossa família ideológica, votai ó meninos. Votai!